5 Perfis no Snapchat Para Seguir


Olá, pessoal!! Tudo joia?

Eu demorei um monte para aderir à mais nova rede social bombástica do momento. Baixei várias vezes, desistia. Baixava de novo. Desta vez me rendi.

Estou gostando bastante.. e agora até faz mais sentido pra mim. Por diversas vezes me perguntei onde e porquê usar.

Rapidamente, o Snapchat  é uma rede social para você compartilhar fotos e vídeos de até 10s, publicados em sua história, para que todos os seus seguidores vejam, ou enviados diretamente para alguém. Com a particularidade de que ficam disponíveis por um período de 24h, e você consegue saber quem visualizou ou “printou” suas publicações. Também funciona como chat entre os contatos.

Tem um viés diferente de outras redes sociais, em que o conteúdo fica disponível lá forever.. E que você geralmente edita antes de publicar. O Snapchat é pra ser algo mais real, apesar de ter alguns efeitos bacaninhas pra quem quiser brincar um pouco.. mas sem edições!

Bom, como forma a incentivar você que ainda não está na rede ou de te mostrar novos perfis, caso você já tenha aderido, resolvi listar 5 perfis bacanas pra você acompanhar. Vamos lá?

1 – O meu 😀 

Todo dia posto alguma coisa bacaninha do meu dia a dia. “Como disse uma amiga, a internet aproxima as pessoas.”

Então vem ficar pertinho de mim! 🙂

 

2- Padre Fábio de Melo

É sério! Esse padre não existe!

Ele é muito engraçado e faz paródia das situações do dia a dia e perfis de pessoas baseados em vários fatos conhecidos na história. É bem resmungão também. Hehehehehe. Os melhores snaps, ever!

 

3 – Bel Pesce

A Bel Pesce é outra figura que não existe. Às vezes me pergunto se ela é real.

Cheia de energia, disposição e o melhor: inteligência, sabedoria e conhecimento. Essa empreendedora e escritora tem muitas histórias de negócios e de vida pra contar pra gente. Seu dia a dia é surreal de tão produtivo. Acompanhe!

 

4 – Taciele Acolea

É minha blogueira favorita! Adoro acompanhar sua boa energia do dia a dia. Adoro pessoas que não têm tempo ruim. Além das fofuras, né? ❤

 

5 – Chata de Galocha

Outra blogueira que me inspira é a Lu Ferreira. E agora, de vez em quando, seus snaps tem a participação da pequena Bia. Fofaaaaaa. Já adoro essa pequena estilosa por influência da mãe criteriosa 🙂

Gostaram? Quais snaps vocês me recomendam?

Bjoooos! 🙂

Anúncios

Comentários nas redes sociais.. vale a pena discutir?


SEMPRE que algum assunto polêmico é postado, eu desço para os comentários, às vezes antes mesmo de ler a matéria, se for um link externo.

Geralmente, os comentários são engraçados, espirituosos. E é por isso que eu gosto de ver a criatividade do pessoal em cena.

Mas se tem uma coisa que me deixa embasbacada é a falta de finesse das pessoas nas redes sociais.. e na vida na hora de discutir.

Antes de mais nada, vale deixar muito claro que eu não sou uma pessoa meiga e delicada. Mas existe um coisa que em 99% das vezes permanece no meu comportamento e se chama educação. Em 1% das vezes eu perdi a paciência, o que não é difícil. E também a razão.

Conhece aquela máxima de Einstein? “Todos somos muito ignorantes. O que ocorre é que nem todos ignoramos as mesmas coisas.”

Pois é.

Argumentar é totalmente válido. Mas geralmente você encontra pessoas que não sabem fazê-lo.. ou que parece a Dilma, que acha que porque você tem uma opinião diferente, você é oposição. Que na tentativa de justificar seu posicionamento, esbarra quase sempre, sabe em quê? Em futilidades!

Exatamente, caro leitor.

Existe coisa mais fútil do que a crítica? Existe maior imbecilidade do que tentar explicar algo para alguém que não quer mudar sua opinião? Que não quer sua opinião? Que por um lapso de consciência pode até querer concordar com você, mas como ela já havia dito ‘não’ inicialmente, precisa manter sua postura?

Talvez exista.. mas eu desconheço.

Sou uma pessoa muito online. Acompanho pessoas públicas quase que diariamente, quando o conteúdo me interessa. E quando vou fazer uma crítica, me pergunto primeiramente se ela é construtiva. Se EU é quem não gosto ou se realmente, outras pessoas poderiam se beneficiar da nova sugestão. Sugestão!

Criticar é muito fácil. E é por isso que devemos ter cuidado.

Dizer que o outro é feio, não deixa você mais bonito.. Mas se dito com um pouco mais de cuidado, pode despertar o interesse na outra pessoa de querer e fazer o possível para ser mais bonito.

Do outro lado existe uma pessoa que tem sentimentos e tem um ego. Por mais que você não exista para ela até aquele momento, para quê atordoa-la com palavras que não acrescentam em nada a elas e subtraem de você?

Existe uma outra máxima que eu acho ainda mais incrível, desta vez, de Camilo Castelo Branco: ‘As injustiças, se alanceiam as vítimas, também ferem quem as faz.’ Você pode discordar e aí ok. Pode ser que você já esteja tão ferido que não sinta mais nada.

Onde eu quero chegar é que toda a forma de agressão gratuita que vemos as pessoas praticar publicamente e sem nenhum pudor nas redes sociais, é um retrocesso na era da civilização. É doar ao outro o que se tem de pior para oferecer: ofensas e mal estar.

A blogueira Camila Coutinho tem um quadro no Youtube bem bacana, De carona. No caso, vou deixar o link AQUI de uma entrevista que ela fez com a cantora Anitta. Um dos tópicos abordados foi o excesso de críticas nas redes sociais. Achei muito interessante o posicionamento e o argumento da cantora. Fato é que a maioria das pessoas que comentam, são crianças e adolescentes. Adultos dificilmente comentam. E pelo que eu acompanho, procede.

E na realidade, me deixa bem desesperançosa essa geração que vem por aí..dificilmente vemos civilização e é por isso que evito bate bolas desnecessários. Para mim, na maioria das vezes, não vale a pena.

Geralmente quem não tem argumento, ofende. E quem cala, não consente. Apenas pode avaliar que não é válido discutir com pessoas ignorantes ou despreparadas para a vida.

Né?

Concorde, discorde.. só não fique no meio termo!

BeijoMeu!

Eu reclamo, tú reclamas, ele reclama..


Já repararam como as pessoas reclamam em redes sociais? Claro, que logicamente, que desde já que sim, eu também reclamo. Mas tem gente (num geral, tá gente?) que reclama de tudo! Absolutamente tudo! Principalmente em páginas comerciais.

Vamos maneirar, né, galera? O mundo não gira em torno de seus caprichos e gostos.

E vocês nem são tão infelizes assim que eu sei. (E espero que não. Mesmo.)

Bom senso é fundamental.

Portanto, reclame menos e faça acontecer mais. Muitas coisas dependem de nós mesmos. É bom lembrar um clichezinho de vez em quando, right?

Pronto, falei!

Image