Cinema: O Doador de Memórias


 

Imagine “um mundo” totalmente manipulado.

Ahh, Talita, mas e o nosso não é? Pois é.. esse filme me deixou exatamente com a sensação de liberdade e o inverso.

Em uma pequena comunidade, as pessoas vivem como se estivessem em um mundo ideal. Não existem diferenças, ódio, dor, doenças, guerras.. Por outro lado, também não existem sentimentos, cores..

Uma pessoa é encarregada de guardar e doar memórias do mundo como conhecemos, a fim de poupar os membros da comunidade de sofrimentos e guiá-los com sua sabedoria.

Meryl Streep é a líder do grupo de anciãos que comandam a comunidade.

Como já existe em alguns países, a profissão de cada jovem, é definida pelos líderes da comunidade, de acordo com o seu desempenho quando estudantes.

O novo escolhido para ser o Recebedor de Memórias, Jonas (Brenton Thwaites), ao conhecer a magnitude do que pode ser a vida, foge completamente das regras em busca da liberdade para sua comunidade.

É muito estranho você perceber que liberdade demais dá no que está. E que em quaisquer situações, os seres humanos fazem muitas escolhas erradas.

O filme é bem bacana. Pra refletir. Vale bem a pena assistir.

No final eu fiquei esperando o final feliz. Mas caracas.. o final foi ótimo! Fugiu do óbvio.

 

 

E gente.. eu não reconheci a Taylor Swift como Rosemary, filha do Doador de Memórias, que aparece em poucas cenas. Loira ou morena, pra que ser linda assim, né? Mas loira, so much more! 🙂

Beijo Meu!

 

Anúncios

Comentar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s